Cimpian não é a única a deixar a Romênia este ano!

Olivia Cimpian e Nicolae Forminte durante o Campeonato Europeu de 2017. (Foto: Eurovision Sports)
Os problemas envolvendo a seleção romena de ginástica parece não terminarem. Depois de um ano olímpico tenebroso, como foi ano passado, a federação de ginástica anunciou mudanças e prometeu mais investimentos para salvar o principal esporte do país. As coisas pareciam se encaminhar, mas não foi o que aconteceu. Nenhuma das novas atletas conseguiram medalhas em competições que participaram este ano: nem copas do mundo, nem no campeonato europeu, realizado na Romênia. 

Uma das esperanças do país na modalidade é a jovem Olivia Cimpian. Era, na verdade. Olivia, e seus pais, anunciou que não mais competirá pela Romênia. A jovem têm intenções de competir pela Hungria. Além de Cimpian, outras três ginastas estão querendo representar outros países: Denisa Florea (16 anos), Ariadna Stanciu (15 anos) e Coleen Tataru (15 anos).

Toda essa situação deixa a situação da Romênia ainda mais complicada, já que o país depende, essencialmente, de Catalina Ponor e Larisa Iordache - duas atletas de grande valor, mas que não estarão aqui para sempre.

Fonte: Portal Adevarul

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.